A Empresa

A missão da ADCom Comunicação Empresarial é criar, consolidar, fortalecer e valorizar a imagem e reputação de empresas, instituições e profissionais junto a seu público alvo e à sociedade, por meio de comunicação integrada. Nosso trabalho tem como meta aumentar o encantamento pela marca, tornando o consumidor fã dela e, também, um disseminador de seu nome. Esta paixão possibilita à empresa praticar valores mais justos e lucrativos. Integramos distintas formas de comunicação para geramos maior visibilidade e transformarmos, de forma moderna e antenada, o assessorado em referência no seu segmento para que seu público fique cada vez mais encantado. 

Serviços

  • Relacionamento com a Imprensa

    O Relacionamento com a Imprensa, conhecido como Assessoria de Imprensa, visa dar ênfase ao envio de informações sobre o cliente à mídia impressa, eletrônica e on line para que ele se transforme em fonte em matérias jornalísticas. Esta ação agrega valor, aumenta a reputação e lembrança do nome de forma direta e indireta, atingindo diferentes públicos de interesse, de forma maciça e mais abrangente.
  • Publicações

    Desenvolvimento de publicações digitais ou impressas (jornais, revistas, newsletters, material publicitário, entre outros) com o objetivo de valorizar, institucionalmente, o cliente, atingindo e se relacionando com o público alvo, abrindo o diálogo e levando a ele informações de valor e interesse. 
  • Geração de Conteúdos

    Desenvolvemos todos os tipos de conteúdos para os mais diferentes fins. São eles: matéria jornalística, livro, blog, rede social, redação publicitária, release, newsletter, revista, jornal, sites, portais, entre outros. São textos, fotos, vídeos, podcasts (áudios), com o conteúdo pertinente àquele meio e ao público ao qual se destina. Fazemos geralmente um "cross media", onde um meio complementa o outro de forma atraente e envolvente. Estamos sempre antenados com as novas tendências e como potencializar seu uso com uma comunicação inteligente, criativa e de resultados.
  • Sites e Portais

    O site do cliente deve ter uma apresentação moderna, dinâmica e ser atualizado constantemente para geração de interesse.

    A ideia é abastecermos continuamente com notícias sobre a empresa e meio de atuação, com artigos assinados pelos diretores, com imagens, gráficos, vídeos, entre outros materiais que gerem interesse e levem informação de qualidade para o internauta.

    Atualizamos também conteúdos estáticos existentes e gerenciamos a contratação de profissionais, por exemplo, entre outras ações de relevância para este item da mais alta relevância para qualquer empresa, seja de que porte for.
  • Redes Sociais

    As redes sociais ganham importância crescente com o acesso cada vez maior de pessoas a elas pelas mais distintas formas, sendo as principais celulares e tablets.

    Por isso, devem ser tratadas com a relevância devida, aumentando o engajamento, informando e formando opinião para consolidação da reputação, bem como valorização da imagem.

    Nossa equipe elabora conteúdo (textos, fotos, vídeos, podcasts), seleciona públicos de interesse, impulsiona publicações com o foco tanto na valorização de imagem e reputação como na reversão de leads para o cliente.

    É importante sempre ser elaborado conteúdo condizente com cada rede pois cada uma delas tem a sua peculiaridade.
  • Prevenção e Gerenciamento de Crise de Imagem

    Quanto custa e quanto tempo leva para se construir um nome no mercado?

    O deslize de um funcionário, o descontentamento de cliente, a má explicação de um fato, a deturpação da informação ou até mesmo alguma fatalidade são fatores que podem arruinar a imagem e a reputação de empresas, profissionais, produtos e instituições.

    A ADCom Comunicação Empresarial, por meio de trabalho contínuo junto ao cliente, pode avaliar, prevenir, antecipar soluções e criar ferramentas específicas para situações potenciais de crise.

    E, se ela estiver instalada, resolvê-la da forma mais adequada.

    Uma crise sempre deixa sequelas graves que, se não forem corretamente trabalhadas, podem ser difíceis de reverter.
    Esta situação é, por si só, muito difícil. Porém, é importante que também se atue forte depois da ocorrência para amenizá-la de maneira substancial.
    O ideal é, desde o início desta queda, manter-se aberto ao diálogo e se mostrar acessível aos questionamentos dos públicos interno e externo, com um discurso ético, honesto e com comunicação acessível a todos.
  • Eventos

    Realizamos a cobertura in loco de eventos tanto próprios como que contem com a participação do cliente.

    É promovida divulgação jornalística pré e pós-evento para mailing de interesse e imprensa, bem como em tempo real, ao vivo, no momento que ocorre, para abastecimento das redes sociais.

    Também preparamos o presskit para a sala de imprensa e, além do apoio jornalístico, disponibilizamo-nos a sugerir ideias para maior valorização destas ações.

    Por isto, é importante que nossa equipe participe desde o momento da concepção para que se possa ter mais atrativos tanto para a imprensa como para o público de interesse. 
  • Treinamentos e Palestras

    A ADCom Comunicação Empresarial ministra palestras e treinamentos sobre o funcionamento da mídia brasileira, como lidar com a imprensa, como se portar em uma entrevista e como se comunicar com os variados públicos de interesse por meio de distintas ferramentas.

Notícias

Qual o erro de português em: “bastam de tantos celulares”?

Qual o erro de português em: “bastam de tantos celulares”?

Em um conhecido restaurante, deparei-me com a seguinte placa:“Bastam de tantos celulares! Vamos comer, conversar e embebedar nossa poesia!” O verbo bastar, na condição de qualquer outro verbo pessoal, exige sim a concordância com o sujeito:“Como se não bastassem tantos telefones celulares, eles nem mesmo degustam a boa comida.” No dia a dia, são frequentes os desvios de concordância quando “bastar” está anteposto ao sujeito. Vejamos abaixo:“Basta dois dias de folga para que eu descanse.”“Bastava novos investimentos na empresa.”As expressões plurais “dois dias de folga” e “novos investimentos” são sujeitos plurais. Logo, a exigência do verbo no plural:  BASTAM e BASTAVAM.Apesar disso, a expressão “bastar de” (com a ideia de ser suficiente) é impessoal. Tem o valor de “chegar de”, e o verbo no singular é o adequado à norma gramatical. A fim de maior compreensão, não há um sujeito a ser referido, sendo o famoso caso de sujeito inexistente:“Chega de histórias! Basta de tantas promessas!”  Ademais, vale notar que “de histórias” e “de promessas” completam o verbo; não funcionam como sujeito. Fato também é que sujeito corresponde a uma função sintática desprovida de preposição (a não ser em casos raríssimos). Há uma última regra com  “bastar”: quando houver a concordância com o sujeito oracional, o verbo deve ficar no singular. Vejamos os exemplos abaixo:“Basta (eles) saberem os princípios constitucionais.”“Basta que eles saibam os princípios constitucionais.”Retornando à frase do restaurante: “Basta de tantos celulares! Vamos comer, conversar e embebedar nossa poesia!”(Fonte: Exame) Saiba Mais

7 atitudes que você deveria levar para uma reunião

7 atitudes que você deveria levar para uma reunião

As reuniões são um momento de colaboração importante. Segundo o site 3M Meeting Network, cerca de 50% do tempo das reuniões é desperdiçado. Para otimizar, é preciso estar ciente que a discussão é mais do que uma conversa, é trabalho e, portanto, precisa ter um resultado concreto no final. A palavra-chave é produtividade. Para aproveitar melhor o tempo, a Plantronics identificou 7 atitudes positivas que devem ser assumidas em qualquer tipo de reunião – seja de negócios, informal, escolar. Aprenda:Seja Construtivo – No vocabulário das pessoas construtivas não existe a palavra "mas", elas preferem usar "e". "Ótima ideia! E se a gente agora pegasse isso e...". Os construtores, como são chamados, examinam, pensam e compartilham o conhecimento sempre pensando em agregar novas soluções e não em apenas criticar sem oferecer alternativas. Com isso em mente, a reunião se transforma em um encontro muito mais produtivo e participativo.Seja brilhante – Ao contrário do que se possa imaginar, as pessoas brilhantes não contam com uma dose extra de talento – elas se esforçam e fazem o trabalho necessário de preparação e, mais ainda, sempre trazem à mesa contribuições práticas. "Eu tenho uma ideia interessante que gostaria de compartilhar com o grupo". Mesmo que nem todas as ideias sejam acatadas, esse tipo de comportamento inspira os outros participantes a contribuir também.Seja engraçado – Uma dose de humor no momento certo e sem dominar a conversa ajuda a energizar a reunião, geralmente quando isso é necessário. O bom humor também pode ajudar a trazer a conversa para os trilhos novamente, quando acontece a dispersão dos participantes ou discussões infrutíferas.Seja pontual – No geral, as reuniões tem hora para começar e terminar. É importante lembrar (de maneira agradável) aos participantes que o tempo disponível é limitado e que, por isso, é fundamental se ater à agenda. "Eu sei que a gente tem pouco tempo e muito a discutir...".Seja voluntário - Esta é a pessoa que sempre está disposta a tomar a dianteira e agir ou a se manifestar quando ninguém mais quer. Em muitas reuniões é necessário que alguém se posicione primeiro para que os outros se sintam a vontade para opinarem. "Pode deixar essa atividade comigo".Seja criativo – É necessário um talento especial para demonstrar o que está sendo dito de uma forma que todos possam entender. Esse tipo de personalidade, apelidada de "Da Vinci", realiza esboços no quadro que podem ser inestimáveis para focalizar a discussão e levar o assunto adiante. Em reuniões virtuais, éclaro, eles precisam de suporte de vídeo. O principal é que contam com a criatividade para exemplificar e se fazerem entendidos por todos, nem que para isso seja preciso, efetivamente, desenhar.Seja bom de bola – Esse perfil sabe como pegar a bola e correr com ela. Craques das equipes, têm um olhar apurado para o que está acontecendo na reunião, sabem exatamente quando contribuir e assim mantêm a conversa direcionada à meta. De fato, contam com um pensamento estratégico e em grupo, sabem identificar uma boa oportunidade e, principalmente, levá-la adiante. Muitas boas ideias são desperdiçadas porque nenhum participante arrisca a tomar à dianteira e colocá-la em prática.(Fonte: Administradores) Saiba Mais

Respeite as regras de etiqueta nos e-mails corporativos

Respeite as regras de etiqueta nos e-mails corporativos

Mesmo com as redes sociais e demais aplicativos que permitem a troca de mensagens, imagens e vídeos os e-mails ainda são uma ferramenta importante de comunicação, principalmente em relação ao meio corporativo. Apesar das novas tecnologias os e-mails não deixaram de ser usados, porém podem esbarrar em um empecilho – a linguagem.Mesmo com as redes sociais e demais aplicativos que permitem a troca de mensagens, imagens e vídeos os e-mails ainda são uma ferramenta importante de comunicação, principalmente em relação ao meio corporativo. Apesar das novas tecnologias os e-mails não deixaram de ser usados, porém podem esbarrar em um empecilho – a linguagem. A comunicação por meio dos aplicativos mudaram a linguagem, pois permite a inserção de emojis, uso de gírias, palavras abreviadas, erros de digitação, falta de coerência, repetições de termos e entre outros itens.Já no meio corporativo esse tipo de dinâmica não é tão viável. Aquela ideia de que e-mail é um documento ainda prevalece, pois geralmente são informações importantes e a forma como o escreve reflete um posicionamento profissional tanto da pessoa quanto da própria empresa. Esqueça a informalidade das redes sociais. Nada impede que, dentro dos limites profissionais, o texto seja um pouco mais informal com quem já tem afinidade, mas sem deixar os padrões. Até mesmo nos e-mails corporativos existe regras de etiqueta.Saudação: seja educado e cordial e comece o e-mail cumprimentando o destinatário. Termos como “Fulana, bom dia!”, “Prezados, boa tarde!”, ” Caro Fulano, boa noite!”, são importantes. IMPORTANTE: use a vírgula depois do nome para isolar o vocativo.Linguagem: termos mais formais é adequado. Nem pense em usar gírias, emojis ou abreviações como “vc”, “tbm”, “Att.”, “ctz”, “tá”. “Oi”, “E ai?”, “Beijos”. IMPORTANTE: use palavras mágicas como “por favor”, “desculpe” e “obrigado”.Desnecessário: evite o uso de palavras rebuscadas a exemplo de “convescote” ao invés de piquenique, pois pode prejudica a comunicação. IMPORTANTE: não use termos como “sem mais para o momento”, “venho através desta”.Organize as informações: como em uma redação o e-mail tenha um começo, meio e fim. Coloque cada ideia num parágrafo, facilita a compreensão e leitura. IMPORTANTE: o espaçamento entre a saudação, cada parágrafo e a assinatura também deixa o e-mail mais organizado.Formatação: é coerente usar a mesma fonte, tamanho e cor. É permitido destacar palavras que necessitam de mais atenção. IMPORTANTE: não deixe seu e-mail colorido, criando uma poluição visual.Ortografia: esteja atento às regras. O Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa diz que a inicial dos meses deve ser escrita com letras minúsculas. Não coloque acento grave antes de verbos ou palavras masculinas. IMPORTANTE: nunca digite todo texto em caixa alta, pois dá-se a impressão de que está gritando com o destinatário. E, claro, não redija seu e-mail todo com letras minúsculas.Pontuação: a coerência e a coesão do seu e-mail também depende do uso correto das vírgulas e pontos finais. IMPORTANTE: não use repetição de pontos de interrogação ou exclamação “Bom dia !!!!!” “Recebeu meu e-mail????”Encerrar o e-mail: sempre assine um e-mail corporativo. Encerre com frases como: “Qualquer dúvida estou à disposição”, “Aguardo seu retorno”. Pode ser usado também “Cordialmente” ou o clássico “Atenciosamente”, mas por extenso. Evite colocar somente “Att”. Crie uma assinatura com os dados pessoais como nome e sobrenome, nome da empresa e telefones de contato. IMPORTANTE: Não despeça com “beijos” ou “abraços carinhosos”.Revisão: antes de enviar seu e-mail, revise. IMPORTANTE: seja objetivo no título ou no assunto.Caixa de entrada: é importante que um e-mail seja respondido em no máximo 24 horas. IMPORTANTE: ter atenção ao conteúdo é fundamental para uma comunicação assertiva.(Fonte: Administradores) Saiba Mais

Clientes

Contato