A Empresa

A missão da ADCom Comunicação Empresarial é criar, consolidar, fortalecer e valorizar a imagem e reputação de empresas, instituições e profissionais junto a seu público alvo e à sociedade, por meio de comunicação integrada. Nosso trabalho tem como meta aumentar o encantamento pela marca, tornando o consumidor fã dela e, também, um disseminador de seu nome. Esta paixão possibilita à empresa praticar valores mais justos e lucrativos. Integramos distintas formas de comunicação para geramos maior visibilidade e transformarmos, de forma moderna e antenada, o assessorado em referência no seu segmento para que seu público fique cada vez mais encantado. 

Serviços

  • Relacionamento com a Imprensa

    O Relacionamento com a Imprensa, conhecido como Assessoria de Imprensa, visa dar ênfase ao envio de informações sobre o cliente à mídia impressa, eletrônica e on line para que ele se transforme em fonte em matérias jornalísticas. Esta ação agrega valor, aumenta a reputação e lembrança do nome de forma direta e indireta, atingindo diferentes públicos de interesse, de forma maciça e mais abrangente.
  • Publicações

    Desenvolvimento de publicações digitais ou impressas (jornais, revistas, newsletters, material publicitário, entre outros) com o objetivo de valorizar, institucionalmente, o cliente, atingindo e se relacionando com o público alvo, abrindo o diálogo e levando a ele informações de valor e interesse. 
  • Geração de Conteúdos

    Desenvolvemos todos os tipos de conteúdos para os mais diferentes fins. São eles: matéria jornalística, livro, blog, rede social, redação publicitária, release, newsletter, revista, jornal, sites, portais, entre outros. São textos, fotos, vídeos, podcasts (áudios), com o conteúdo pertinente àquele meio e ao público ao qual se destina. Fazemos geralmente um "cross media", onde um meio complementa o outro de forma atraente e envolvente. Estamos sempre antenados com as novas tendências e como potencializar seu uso com uma comunicação inteligente, criativa e de resultados.
  • Sites e Portais

    O site do cliente deve ter uma apresentação moderna, dinâmica e ser atualizado constantemente para geração de interesse.

    A ideia é abastecermos continuamente com notícias sobre a empresa e meio de atuação, com artigos assinados pelos diretores, com imagens, gráficos, vídeos, entre outros materiais que gerem interesse e levem informação de qualidade para o internauta.

    Atualizamos também conteúdos estáticos existentes e gerenciamos a contratação de profissionais, por exemplo, entre outras ações de relevância para este item da mais alta relevância para qualquer empresa, seja de que porte for.
  • Redes Sociais

    As redes sociais ganham importância crescente com o acesso cada vez maior de pessoas a elas pelas mais distintas formas, sendo as principais celulares e tablets.

    Por isso, devem ser tratadas com a relevância devida, aumentando o engajamento, informando e formando opinião para consolidação da reputação, bem como valorização da imagem.

    Nossa equipe elabora conteúdo (textos, fotos, vídeos, podcasts), seleciona públicos de interesse, impulsiona publicações com o foco tanto na valorização de imagem e reputação como na reversão de leads para o cliente.

    É importante sempre ser elaborado conteúdo condizente com cada rede pois cada uma delas tem a sua peculiaridade.
  • Prevenção e Gerenciamento de Crise de Imagem

    Quanto custa e quanto tempo leva para se construir um nome no mercado?

    O deslize de um funcionário, o descontentamento de cliente, a má explicação de um fato, a deturpação da informação ou até mesmo alguma fatalidade são fatores que podem arruinar a imagem e a reputação de empresas, profissionais, produtos e instituições.

    A ADCom Comunicação Empresarial, por meio de trabalho contínuo junto ao cliente, pode avaliar, prevenir, antecipar soluções e criar ferramentas específicas para situações potenciais de crise.

    E, se ela estiver instalada, resolvê-la da forma mais adequada.

    Uma crise sempre deixa sequelas graves que, se não forem corretamente trabalhadas, podem ser difíceis de reverter.
    Esta situação é, por si só, muito difícil. Porém, é importante que também se atue forte depois da ocorrência para amenizá-la de maneira substancial.
    O ideal é, desde o início desta queda, manter-se aberto ao diálogo e se mostrar acessível aos questionamentos dos públicos interno e externo, com um discurso ético, honesto e com comunicação acessível a todos.
  • Eventos

    Realizamos a cobertura in loco de eventos tanto próprios como que contem com a participação do cliente.

    É promovida divulgação jornalística pré e pós-evento para mailing de interesse e imprensa, bem como em tempo real, ao vivo, no momento que ocorre, para abastecimento das redes sociais.

    Também preparamos o presskit para a sala de imprensa e, além do apoio jornalístico, disponibilizamo-nos a sugerir ideias para maior valorização destas ações.

    Por isto, é importante que nossa equipe participe desde o momento da concepção para que se possa ter mais atrativos tanto para a imprensa como para o público de interesse. 
  • Treinamentos e Palestras

    A ADCom Comunicação Empresarial ministra palestras e treinamentos sobre o funcionamento da mídia brasileira, como lidar com a imprensa, como se portar em uma entrevista e como se comunicar com os variados públicos de interesse por meio de distintas ferramentas.

Notícias

Dicas de Português: Saiba o que é e como usar “aspas”

Dicas de Português: Saiba o que é e como usar “aspas”

Saber como usar os sinais de pontuação, como as “aspas”, por exemplo, é imprescindível para construir um texto coerente. Desse modo, o uso adequado dos sinais gráficos de pontuação são devidamente analisados em avaliações escritas, como no Enem, em demais vestibulares e em Concursos Públicos.As aspas são um sinal de pontuação representado graficamente pelo símbolo “  ”. Podendo ser simples ou duplas, servem principalmente para dar destaque a alguma parte do texto. Nesse sentido, a palavra ou frase destacada deve ficar entre os dois símbolos, como, por exemplo, na frase abaixo:Quero mais é “caetanear“ o que há de bom.Usos das aspas duplasAs aspas duplas devem ser empregadas para enfatizar discursos, fazer citação direta, destacar estrangeirismos, neologismos ou gírias, expressar ironia, fazer transcrições e citar obras literárias ou artísticas. Veja exemplos abaixo.Enfatizar discursos: Que espécie de “Deus” é esse?Citação direta: Religioso, o novo ministro da educação afirmou que “A Bíblia chama o homossexualismo de pecado”.Estrangeirismos: Teremos um “coffee break” no intervalo do evento.Neologismos: Você vai se dar mal ao usar seu “internetês” na redação do Enem.Gírias ou expressões populares: Mateus acha que vai “pagar mico” se beijar a mãe na frente da escola.Enfatizar ironia: “Lindo” o serviço que o pedreiro fez, deixou tudo esburacado.Fazer transcrição: “Não sou nada. / Nunca serei nada. / Não posso querer ser nada. / À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo” (Álvaro de Campos)Citar obras: Preciso ler “Quarto de Despejo” para o vestibular.Aspas simplesAs aspas simples, por sua vez, devem ser utilizadas quando as aspas duplas já foram usadas, ou seja, aparecem dentro de um trecho do texto que já está destacado. Veja exemplo:Ele me enviou a seguinte mensagem: “Durante a manhã será feito um ‘upgrade‘ no sistema informático da empresa”.Fique atento à pontuação!Quando a frase começar e terminar com aspas, o ponto final deve ser utilizado dentro das aspas: “Toda história é remorso.” (Carlos Drummond de Andrade)Mas, se a frase não está dentro delas em sua totalidade, a pontuação deve ficar fora do trecho destacado: Como disse Drummond: “Toda história é remorso”.(Fonte: Noticias Concursos) Saiba Mais

Paraná pode se tornar polo de produção de vacinas contra covid-19

Paraná pode se tornar polo de produção de vacinas contra covid-19

O Paraná pode se tornar o principal polo de produção de vacinas contra a covid-19 no Brasil. Nesta segunda-feira (27), o governador do estado Carlos Massa Ratinho Júnior anunciou que está formalizando uma parceria com a China para testar e produzir a imunização contra a doença provocada pelo novo coronavírus.A vacina em questão é produzida pelo laboratório Sinopharm. Ela já começou a ser testada em 15 mil voluntários nos Emirados Árabes Unidos, obtendo 100% de positivação e sem apresentar reações adversas graves nas duas primeiras fases, conforme as informações da empresa estatal do país asiático.De acordo com Ratinho Júnior, a intenção é incluir o Paraná na terceira fase de testes da vacina chinesa, com aprovação do Ministério da Saúde e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A produção local ficaria a cargo do Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), havendo também a participação das universidades estaduais e dos hospitais universitários no processo.A farmacêutica chinesa pretende terminar os testes em humanos nos próximos três meses, além de iniciar a próxima etapa no território paranaense o mais rápido possível. “A vacina está perto do seu êxito final. É muito urgente começarmos imediatamente esse ensaio clínico no Brasil, ao mesmo tempo em que discutimos acertos comerciais”, comentou o diretor-executivo do Sinopharm Ma Ke.Vacina russaOutra parceria em discussão pelo governo paranaense, para a produção de vacina contra o novo coronavírus, é com a Rússia. Nos próximos dias, o assunto será tratado com o embaixador russo no Brasil Sergey Akopov.A vacina russa está na etapa final de testes, e de acordo com o governo do país, a fase de ensaios clínicos deve ser concluída com sucesso. Desenvolvida pelo Centro Nacional de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya, a imunização pode começar a ser distribuída já no primeiro semestre de 2021.(Fonte: TecMundo) Saiba Mais

Covid-19: EUA compram todas as vacinas de Pfizer e BioNTech

Covid-19: EUA compram todas as vacinas de Pfizer e BioNTech

Os Estados Unidos fecharam um acordo com as farmacêuticas Pfizer e BioNTech para comprar as 100 milhões de doses da vacina contra a covid-19 que serão produzidas neste ano. Para tanto, o governo vai ter que desembolsar US$ 1,95 bilhão (cerca de R$ 10 bilhões). O acordo ainda prevê a entrega de até 600 milhões de doses no ano seguinte.Nesta segunda-feira (20), as companhias divulgaram que sua fórmula experimental obteve resultados positivos e foi aprovada para a nova fase de testes. De acordo com o comunicado, após ser aplicada em voluntários, a vacina gerou respostas imunes rápidas e "fortes" das células T, consideradas fundamentais na proteção do organismo contra a covid-19; além disso, nenhum efeito colateral foi registrado. A pesquisa ainda não foi avaliada por pares ou publicada em revista científica."Estamos satisfeitos por termos assinado esse importante acordo com o governo dos EUA para fornecer as 100 milhões de doses iniciais após a aprovação pelo FDA", afirmou o CEO da BioNTech, Ugur Sahin. Vale ressaltar que o governo estadunidense somente receberá as doses após a aprovação da Agência de Alimentos e Drogas (FDA, na sigla em inglês).As farmacêuticas estimam que, até o fim de 2021, 1,3 bilhão de doses sejam produzidas, as quais serão distribuídas para o restante dos países. "Estamos comprometidos em tornar o impossível possível, trabalhando incansavelmente para desenvolver e produzir em tempo recorde uma vacina segura e eficaz para ajudar a pôr fim na crise global de saúde", disse o presidente e CEO da Pfizer, Albert Bourla.(Fonte: TecMundo) Saiba Mais

Clientes

Contato