A Empresa

A missão da ADCom Comunicação Empresarial é criar, consolidar, fortalecer e valorizar a imagem e reputação de empresas, instituições e profissionais junto a seu público alvo e à sociedade, por meio de comunicação integrada. Nosso trabalho tem como meta aumentar o encantamento pela marca, tornando o consumidor fã dela e, também, um disseminador de seu nome. Esta paixão possibilita à empresa praticar valores mais justos e lucrativos. Integramos distintas formas de comunicação para geramos maior visibilidade e transformarmos, de forma moderna e antenada, o assessorado em referência no seu segmento para que seu público fique cada vez mais encantado. 

Serviços

  • Relacionamento com a Imprensa

    O Relacionamento com a Imprensa, conhecido como Assessoria de Imprensa, visa dar ênfase ao envio de informações sobre o cliente à mídia impressa, eletrônica e on line para que ele se transforme em fonte em matérias jornalísticas. Esta ação agrega valor, aumenta a reputação e lembrança do nome de forma direta e indireta, atingindo diferentes públicos de interesse, de forma maciça e mais abrangente.
  • Publicações

    Desenvolvimento de publicações digitais ou impressas (jornais, revistas, newsletters, material publicitário, entre outros) com o objetivo de valorizar, institucionalmente, o cliente, atingindo e se relacionando com o público alvo, abrindo o diálogo e levando a ele informações de valor e interesse. 
  • Geração de Conteúdos

    Desenvolvemos todos os tipos de conteúdos para os mais diferentes fins. São eles: matéria jornalística, livro, blog, rede social, redação publicitária, release, newsletter, revista, jornal, sites, portais, entre outros. São textos, fotos, vídeos, podcasts (áudios), com o conteúdo pertinente àquele meio e ao público ao qual se destina. Fazemos geralmente um "cross media", onde um meio complementa o outro de forma atraente e envolvente. Estamos sempre antenados com as novas tendências e como potencializar seu uso com uma comunicação inteligente, criativa e de resultados.
  • Sites e Portais

    O site do cliente deve ter uma apresentação moderna, dinâmica e ser atualizado constantemente para geração de interesse.

    A ideia é abastecermos continuamente com notícias sobre a empresa e meio de atuação, com artigos assinados pelos diretores, com imagens, gráficos, vídeos, entre outros materiais que gerem interesse e levem informação de qualidade para o internauta.

    Atualizamos também conteúdos estáticos existentes e gerenciamos a contratação de profissionais, por exemplo, entre outras ações de relevância para este item da mais alta relevância para qualquer empresa, seja de que porte for.
  • Redes Sociais

    As redes sociais ganham importância crescente com o acesso cada vez maior de pessoas a elas pelas mais distintas formas, sendo as principais celulares e tablets.

    Por isso, devem ser tratadas com a relevância devida, aumentando o engajamento, informando e formando opinião para consolidação da reputação, bem como valorização da imagem.

    Nossa equipe elabora conteúdo (textos, fotos, vídeos, podcasts), seleciona públicos de interesse, impulsiona publicações com o foco tanto na valorização de imagem e reputação como na reversão de leads para o cliente.

    É importante sempre ser elaborado conteúdo condizente com cada rede pois cada uma delas tem a sua peculiaridade.
  • Prevenção e Gerenciamento de Crise de Imagem

    Quanto custa e quanto tempo leva para se construir um nome no mercado?

    O deslize de um funcionário, o descontentamento de cliente, a má explicação de um fato, a deturpação da informação ou até mesmo alguma fatalidade são fatores que podem arruinar a imagem e a reputação de empresas, profissionais, produtos e instituições.

    A ADCom Comunicação Empresarial, por meio de trabalho contínuo junto ao cliente, pode avaliar, prevenir, antecipar soluções e criar ferramentas específicas para situações potenciais de crise.

    E, se ela estiver instalada, resolvê-la da forma mais adequada.

    Uma crise sempre deixa sequelas graves que, se não forem corretamente trabalhadas, podem ser difíceis de reverter.
    Esta situação é, por si só, muito difícil. Porém, é importante que também se atue forte depois da ocorrência para amenizá-la de maneira substancial.
    O ideal é, desde o início desta queda, manter-se aberto ao diálogo e se mostrar acessível aos questionamentos dos públicos interno e externo, com um discurso ético, honesto e com comunicação acessível a todos.
  • Eventos

    Realizamos a cobertura in loco de eventos tanto próprios como que contem com a participação do cliente.

    É promovida divulgação jornalística pré e pós-evento para mailing de interesse e imprensa, bem como em tempo real, ao vivo, no momento que ocorre, para abastecimento das redes sociais.

    Também preparamos o presskit para a sala de imprensa e, além do apoio jornalístico, disponibilizamo-nos a sugerir ideias para maior valorização destas ações.

    Por isto, é importante que nossa equipe participe desde o momento da concepção para que se possa ter mais atrativos tanto para a imprensa como para o público de interesse. 
  • Treinamentos e Palestras

    A ADCom Comunicação Empresarial ministra palestras e treinamentos sobre o funcionamento da mídia brasileira, como lidar com a imprensa, como se portar em uma entrevista e como se comunicar com os variados públicos de interesse por meio de distintas ferramentas.

Notícias

Brasil já ingressou na 2ª onda da covid-19, diz pesquisador

Brasil já ingressou na 2ª onda da covid-19, diz pesquisador

Numa entrevista publicada na revista Época nesta quarta-feira (18), um pesquisador que  vem acompanhando há oito meses os dados da pandemia brasileira do novo coronavírus afirma que “O Brasil já está na segunda onda de covid-19”.O autor da frase é o pesquisador Domingos Alves, responsável pelo Laboratório de Inteligência em Saúde (LIS) da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), em Ribeirão Preto. Ele faz parte de um grupo de cientistas independentes e voluntários que busca avaliar a evolução da covid-19 por meio da ciência de dados.Acompanhando a pandemia no Brasil desde março, o cientista avalia que o Brasil está vivendo, da mesma forma que os Estados Unidos e a Europa, uma nova onda de contágios. A conclusão se baseia na evolução da chamada “taxa de reprodução (Rt)” que, com base no aumento de novos casos, permite saber quantas pessoa são contaminadas por alguém que já está infectado.O que diz a RtSe o índice apurado pela Rt ficar acima de 1, isso significa que a pandemia está se expandindo. Quando está abaixo, é sinal de que a pandemia está recuando. No Brasil, a taxa verificada pelo Observatório de Síndromes Respiratórias da Universidade Federal da Paraíba no dia 16 de novembro foi de 1,12.A tradução desse número é que 100 pessoas já infectadas pelo coronavírus irão infectar outras 112 que, por sua vez, irão infectar outras 125 e, dessa forma, a epidemia brasileira cresce de forma assustadoramente exponencial.Na data divulgada, a Rt estava acima de 1 em 20 estados da federação, sendo mais crítica no Paraná, onde era de 1,62. Para comprovar a tendência de alta, Alves explicou que também é analisada a média móvel da Rt calculada com base nos 14 dias anteriores. No dia 16 de novembro, a média móvel nacional era de 1,06, com picos de 1,34 no Paraná e 1,32 no Acre.(Fonte: TecMundo) Saiba Mais

Google Fotos perderá armazenamento ilimitado gratuito em 2021

Google Fotos perderá armazenamento ilimitado gratuito em 2021

A Google anunciou que encerrará o backup ilimitado de fotos e vídeos do aplicativo Google Fotos. A mudança será aplicada em 1° de junho de 2021 e, a partir da data, todo conteúdo salvo em nuvem pelo app será contabilizado nos 15 GB de armazenamento gratuito que acompanham os serviços da empresa.Atualmente, o Google Fotos permite que os usuários de smartphones façam backup de todas fotos e vídeos sem se preocupar com armazenamento. Segundo a empresa, a mudança não vai afetar arquivos já salvos no serviço, apenas novos uploads realizados a partir de junho de 2021."Para facilitar a transição, isentaremos todas as fotos e vídeos de alta qualidade dos quais você faz backup antes de 1º de junho", explica a companhia. "Isso inclui todas as fotos e vídeos de alta qualidade que você armazena atualmente com o Google Fotos."Alto volume de usoSegundo a empresa, a limitação serve para garantir uma "melhor experiência" para todos os usuários dos serviços em nuvem da Google, já que a demanda por armazenamento é alta. A companhia estima que mais de 4,3 milhões de GB de arquivos são adicionados diariamente nas plataformas da companhia, incluindo Gmail, Drive e Fotos.A Google disse que a limitação permitirá que a empresa "continue investindo nesses produtos" durante os próximos anos. A gigante da web também ressaltou que usuários de smartphones Pixel não serão afetados, já que possuem armazenamento ilimitado na nuvem vinculado ao celular.A empresa também ressaltou que vai mudar suas políticas para contas inativas. Caso o usuário não utilize um serviço por mais de dois anos, a Google pode começar a deletar arquivos guardados em nuvem. Se o limite de armazenamento de 15 GB for rompido por mais de 24 meses, a empresa também pode passar a borracha em alguns arquivos."Iremos notificá-lo várias vezes antes de tentarmos remover qualquer conteúdo para que você tenha amplas oportunidades de agir", disse a Google.Como aumentar o armazenamentoApesar de os 15 GB gratuitos serem compartilhados pelos serviços da empresa, a Google está otimista com a mudança. A companhia estima que a grande maioria dos usuários pode demorar "muitos anos" para preencher a cota gratuita para arquivos em nuvem, mesmo com a adição do Fotos nessa conta.Para quem precisa de mais armazenamento para os serviços da companhia, será necessário apelar para o Google One. A assinatura da empresa fornece armazenamento em nuvem adicional por meio de uma assinatura.Os planos começam em 100 GB por R$ 6,99 mensais ou R$ 69,99 por ano. A oferta mais cara traz 2 TB de armazenamento em nuvem pelo valor de R$ 34,99 por mês ou R$ 349,99 anuais.Vale lembrar que o Google One possui uma opção de backup gratuito para Android e iOS, que não exige assinatura. Porém, assim como as outras soluções da empresa, o conteúdo é salvo nos 15 GB de espaço em nuvem fornecidos sem custos pela companhia.(Fonte: TecMundo) Saiba Mais

Clientes

Contato