Dicas de Português: Saiba o que é e como usar “aspas”

Dicas de Português: Saiba o que é e como usar “aspas”

Saber como usar os sinais de pontuação, como as “aspas”, por exemplo, é imprescindível para construir um texto coerente. Desse modo, o uso adequado dos sinais gráficos de pontuação são devidamente analisados em avaliações escritas, como no Enem, em demais vestibulares e em Concursos Públicos.

As aspas são um sinal de pontuação representado graficamente pelo símbolo “  ”. Podendo ser simples ou duplas, servem principalmente para dar destaque a alguma parte do texto. Nesse sentido, a palavra ou frase destacada deve ficar entre os dois símbolos, como, por exemplo, na frase abaixo:

  • Quero mais é caetanear o que há de bom.

Usos das aspas duplas


As aspas duplas devem ser empregadas para enfatizar discursos, fazer citação direta, destacar estrangeirismos, neologismos ou gírias, expressar ironia, fazer transcrições e citar obras literárias ou artísticas. Veja exemplos abaixo.

Enfatizar discursos: Que espécie de “Deus” é esse?
Citação direta: Religioso, o novo ministro da educação afirmou que “A Bíblia chama o homossexualismo de pecado”.
Estrangeirismos: Teremos um “coffee break” no intervalo do evento.
Neologismos: Você vai se dar mal ao usar seu “internetês” na redação do Enem.
Gírias ou expressões populares: Mateus acha que vai “pagar mico” se beijar a mãe na frente da escola.
Enfatizar ironia: “Lindo” o serviço que o pedreiro fez, deixou tudo esburacado.
Fazer transcrição: “Não sou nada. / Nunca serei nada. / Não posso querer ser nada. / À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo” (Álvaro de Campos)
Citar obras: Preciso ler “Quarto de Despejo” para o vestibular.


Aspas simples


As aspas simples, por sua vez, devem ser utilizadas quando as aspas duplas já foram usadas, ou seja, aparecem dentro de um trecho do texto que já está destacado. Veja exemplo:
Ele me enviou a seguinte mensagem: “Durante a manhã será feito um upgrade‘ no sistema informático da empresa”.


Fique atento à pontuação!


Quando a frase começar e terminar com aspas, o ponto final deve ser utilizado dentro das aspas: “Toda história é remorso.” (Carlos Drummond de Andrade)

Mas, se a frase não está dentro delas em sua totalidade, a pontuação deve ficar fora do trecho destacado: Como disse Drummond: “Toda história é remorso”.

(Fonte: Noticias Concursos)

Lista de notícias

Contato