Google não quer pagar multa de R$ 3 bilhões por direitos autorais

Google não quer pagar multa de R$ 3 bilhões por direitos autorais

O Google entrará com recurso contra a multa de 500 milhões de euros (cerca de R$ 3 bilhões) aplicada pelo órgão antitruste da França em julho deste ano. A penalidade é referente a disputa com a mídia local sobre o pagamento de direitos autorais.

A multa também está ligada à pressão da União Europeia em cima das empresas como Google e Facebook. Diversos países do bloco exigem que as big techs repassem parte das receitas que ganham com o uso de notícias dos meios de comunicação locais.

“Discordamos de vários elementos legais e acreditamos que a multa é desproporcional aos nossos esforços para chegar a um acordo e cumprir a nova lei”, disse Sebastien Missoffe, chefe da Google França.

A companhia afirma que está trabalhando arduamente para resolver o caso e fechar os acordos. A empresa planeja expandir as ofertas para 1.200 veículos, esclarecer aspectos de contratos e compartilhar mais dados com as autoridades francesas.

Em julho, o órgão antitruste da França deu o prazo de dois meses para a Google apresentar novas propostas às agências de notícias locais. Caso isso não aconteça, a organização pode receber multas diárias de 900 mil euros (R$ 5,5 milhões).
Empresa ainda pode ter que pagar multa

O recurso da Google foi registrado nesta quarta-feira (1º) e será julgado em um tribunal de Paris. Contudo, a ação não impedirá que a companhia norte-americana pague a multa emitida pelas autoridades francesas.

Conforme a Reuters, não foi possível ter informações sobre quanto tempo levará o processo, bem como o que pode acontecer se a big tech vencer o caso após o pagamento da penalidade.

(Fonte: Tecmundo)

Lista de notícias

Contato