A Empresa

A missão da ADCom Comunicação Empresarial é criar, consolidar, fortalecer e valorizar a imagem e reputação de empresas, instituições e profissionais junto a seu público alvo e à sociedade, por meio de comunicação integrada. Nosso trabalho tem como meta aumentar o encantamento pela marca, tornando o consumidor fã dela e, também, um disseminador de seu nome. Esta paixão possibilita à empresa praticar valores mais justos e lucrativos. Integramos distintas formas de comunicação para geramos maior visibilidade e transformarmos, de forma moderna e antenada, o assessorado em referência no seu segmento para que seu público fique cada vez mais encantado. 

Serviços

  • Relacionamento com a Imprensa

    O Relacionamento com a Imprensa, conhecido como Assessoria de Imprensa, visa dar ênfase ao envio de informações sobre o cliente à mídia impressa, eletrônica e on line para que ele se transforme em fonte em matérias jornalísticas. Esta ação agrega valor, aumenta a reputação e lembrança do nome de forma direta e indireta, atingindo diferentes públicos de interesse, de forma maciça e mais abrangente.
  • Publicações

    Desenvolvimento de publicações digitais ou impressas (jornais, revistas, newsletters, material publicitário, entre outros) com o objetivo de valorizar, institucionalmente, o cliente, atingindo e se relacionando com o público alvo, abrindo o diálogo e levando a ele informações de valor e interesse. 
  • Geração de Conteúdos

    Desenvolvemos todos os tipos de conteúdos para os mais diferentes fins. São eles: matéria jornalística, livro, blog, rede social, redação publicitária, release, newsletter, revista, jornal, sites, portais, entre outros. São textos, fotos, vídeos, podcasts (áudios), com o conteúdo pertinente àquele meio e ao público ao qual se destina. Fazemos geralmente um "cross media", onde um meio complementa o outro de forma atraente e envolvente. Estamos sempre antenados com as novas tendências e como potencializar seu uso com uma comunicação inteligente, criativa e de resultados.
  • Sites e Portais

    O site do cliente deve ter uma apresentação moderna, dinâmica e ser atualizado constantemente para geração de interesse.

    A ideia é abastecermos continuamente com notícias sobre a empresa e meio de atuação, com artigos assinados pelos diretores, com imagens, gráficos, vídeos, entre outros materiais que gerem interesse e levem informação de qualidade para o internauta.

    Atualizamos também conteúdos estáticos existentes e gerenciamos a contratação de profissionais, por exemplo, entre outras ações de relevância para este item da mais alta relevância para qualquer empresa, seja de que porte for.
  • Redes Sociais

    As redes sociais ganham importância crescente com o acesso cada vez maior de pessoas a elas pelas mais distintas formas, sendo as principais celulares e tablets.

    Por isso, devem ser tratadas com a relevância devida, aumentando o engajamento, informando e formando opinião para consolidação da reputação, bem como valorização da imagem.

    Nossa equipe elabora conteúdo (textos, fotos, vídeos, podcasts), seleciona públicos de interesse, impulsiona publicações com o foco tanto na valorização de imagem e reputação como na reversão de leads para o cliente.

    É importante sempre ser elaborado conteúdo condizente com cada rede pois cada uma delas tem a sua peculiaridade.
  • Prevenção e Gerenciamento de Crise de Imagem

    Quanto custa e quanto tempo leva para se construir um nome no mercado?

    O deslize de um funcionário, o descontentamento de cliente, a má explicação de um fato, a deturpação da informação ou até mesmo alguma fatalidade são fatores que podem arruinar a imagem e a reputação de empresas, profissionais, produtos e instituições.

    A ADCom Comunicação Empresarial, por meio de trabalho contínuo junto ao cliente, pode avaliar, prevenir, antecipar soluções e criar ferramentas específicas para situações potenciais de crise.

    E, se ela estiver instalada, resolvê-la da forma mais adequada.

    Uma crise sempre deixa sequelas graves que, se não forem corretamente trabalhadas, podem ser difíceis de reverter.
    Esta situação é, por si só, muito difícil. Porém, é importante que também se atue forte depois da ocorrência para amenizá-la de maneira substancial.
    O ideal é, desde o início desta queda, manter-se aberto ao diálogo e se mostrar acessível aos questionamentos dos públicos interno e externo, com um discurso ético, honesto e com comunicação acessível a todos.
  • Eventos

    Realizamos a cobertura in loco de eventos tanto próprios como que contem com a participação do cliente.

    É promovida divulgação jornalística pré e pós-evento para mailing de interesse e imprensa, bem como em tempo real, ao vivo, no momento que ocorre, para abastecimento das redes sociais.

    Também preparamos o presskit para a sala de imprensa e, além do apoio jornalístico, disponibilizamo-nos a sugerir ideias para maior valorização destas ações.

    Por isto, é importante que nossa equipe participe desde o momento da concepção para que se possa ter mais atrativos tanto para a imprensa como para o público de interesse. 
  • Treinamentos e Palestras

    A ADCom Comunicação Empresarial ministra palestras e treinamentos sobre o funcionamento da mídia brasileira, como lidar com a imprensa, como se portar em uma entrevista e como se comunicar com os variados públicos de interesse por meio de distintas ferramentas.

Notícias

Metaverso movimenta R$ 30 milhões em 3 vendas e iate virtual bate recorde

Metaverso movimenta R$ 30 milhões em 3 vendas e iate virtual bate recorde

O interesse das pessoas pelo metaverso, impulsionado após o anúncio de que o Facebook trabalha na construção do seu universo digital — e que foi seguido por posições parecidas de várias outras grandes empresas —, multiplicou os valores envolvidos nas negociações de propriedades e outros ítens representados por NFTs em plataformas já existentes, como Decentraland e The Sandbox.Nos últimos dias, vários terrenos virtuais e NFTs foram vendidos por quantias milionárias nesses dois metaversos, envolvendo valores que impressionariam até se representassem objetos do mundo real.O metaverso se tornou assunto especialmente desde que empresas como Facebook, Microsoft, Disney, Nike e Adidas, entre várias outras, anunciaram planos ambiciosos para desenvolvimento ou entrada no metaverso, e grandes instituições financeiras reconheceram a tecnologia como um mercado potencialmente gigantesco — a Grayscale chamou de "oportunidade de 1 trilhão de dólares" e o Morgan Stanley disse que o setor pode gerar bilhões para o mercado de luxo e "mudar a forma como nos relacionamos".Confira três das vendas mais expressivas dos últimos dias:1. O terreno virtual de R$ 14 milhõesO Metaverse Group, subsidiário da Tokens.com, comprou na última semana um terreno no Decentraland, um dos mais populares e antigos metaversos em blockchain, por 618.000 manas, a criptomoeda nativa da plataforma, o equivalente a quase 2,5 milhões de dólares (14 milhões de reais).Foi a venda mais cara da história do Decentraland, quebrando o recorde registrado em junho, quando outro terreno foi vendido por menos da metade desse valor — cerca de 915.000 dólares.O terreno fica na área "Fashion Street" do mapa da Decentraland e a Tokens.com afirmou que será usado para hospedar eventos digitais de moda e para a venda de roupas virtuais para avatares.A área é formada por 116 sublotes, cada um medindo cerca de 5 metros quadrados. No total, o terreno adquirido possui um espaço online equivalente a 566 metros quadrados.2. O megaiate que vale como um iate realO Megaflower Super Mega Yacht é um barco virtual do metaverso The Sandbox, e foi vendido na última semana por incríveis 149 ether, ou cerca de 650.000 dólares (3,65 milhões de reais). É o NFT mais caro já negociado na plataforma.Descrito como um megaiate ultraluxuoso, conta com dois helipontos, hidromassagem, cabine para DJ, entre outras amenidades — todas virtuais, é claro. O Megaflower foi criado pela Republic Realm, que é uma desenvolvedora do metaverso, para uma soleção de NFTs de luxo criada especificamente para o The Sandbox e que inclui outros ítens como ilhas particulares, jet skis e outras lanchas.O The Sandbox é um universo virtual onde os participantes podem construir, possuir e monetizar todas as suas experiências dentro do jogo. Isso inclui criar NFTs e disponibilizá-los para venda no mercado dentro da plataforma.A Adidas anunciou que sua entrada no metaverso será justamente no The Sandbox, o que impulsionou o preço do token nativo da plataforma, o SAND. Além da marca de artigos esportivos, várias outras marcas e celebridades têm parceria com o The Sandbox, como Atari, Bored Ape Yacht Club, Snoop Dogg, Os Smurfs, entre outros.(Fonte: Exame) Saiba Mais

CEO do Instagram confirma audiência no Congresso dos EUA

CEO do Instagram confirma audiência no Congresso dos EUA

O CEO do Instagram, Adam Mosseri, vai participar voluntariamente de uma audiência no Congresso dos Estados Unidos. A expectativa é de que o chefe executivo da plataforma integre uma sessão no Senado no dia 6 de dezembro, uma segunda-feira, mas a data ainda não foi oficializada."Ele é o cara no topo no Instagram e toda a nação está se perguntando o porquê de o Instagram e outras plataformas de tecnologia terem criado tanto perigo e danos ao entregar conteúdos tóxicos para crianças com esses algoritmos imensamente poderosos. A audiência será significativamente crítica ao nos guiar para desenvolver leis que tenham um impacto em fazer essas plataformas mais seguras", disse ao The New York Times o senador Richard Blumenthal, que será o condutor da sessão.O Congresso ficou especialmente interessado na questão de danos potenciais para jovens que utilizam a plataforma em excesso — risco que a empresa aparentemente conhecia, sem apresentar soluções. Anteriormente, o CEO e cofundador da Meta, Mark Zuckeberg, participou de testemunhos similares ao lado de outros executivos de empresas gigantes da tecnologia.Instagram sob pressãoO trabalho de Mosseri na audiência não deve ser fácil. O CEO será bastante questionado a respeito das recentes denúncias envolvendo o Instagram e o Facebook, parte de documentos vazados por ex-funcionárias e que integram séries de reportagens como os Facebook Papers.Entre as descobertas, há detalhes sobre como a plataforma tem um efeito negativo na saúde de jovens, especialmente na questão de autoestima e aceitação do corpo por adolescentes. Pesquisas internas também detectaram que perfis de famosos geram sensações nem sempre positivas.Em medidas recentes, o Instagram começou a testar um alerta de uso em excesso do app para usuários que passam tempo demais no feed e suspendeu o desenvolvimento de uma versão da rede social para crianças.(Fonte: Tecmundo) Saiba Mais

Mercado Livre e Mercado Pago ganham função para compra e venda de bitcoin

Mercado Livre e Mercado Pago ganham função para compra e venda de bitcoin

Marcos Galperin, fundador e CEO do Mercado Livre, anunciou nesta segunda-feira, 22, que a empresa vai permitir a compra e venda de bitcoin e outras criptomoedas em suas plataformas, que incluem o marketplace e a carteira digital Mercado Pago."A partir desta semana no Brasil, os usuários do Mercado Livre e Mercado Pago poderão comprar, guardar e vender criptomoedas", disse Galperin, no Twitter. Ele também divulgou um texto da Bloomberg que fala sobre o assunto. De acordo com a publicação, um pequeno grupo de clientes já tinha acesso ao serviço desde o início de novembro e, a partir desta semana, o acesso será expandido para progressivamente para um número maior de pessoas."Nós levamos o tempo necessário para estudar e apender antes de entrar nas criptos. Isto tem um potencial transformador ali para frente e irá abrir novos caminhos para nós”, afirmou Tulio Oliveira, vice-presidente do Mercado Pago, ao veículo norte-americano.O presidente do Mercado Pago, Osvaldo Gimenez, também compartilhou a novidade nas redes sociais, inclusive com uma foto da funcionalidade na plataforma - um botão "cripto". "Usuários brasileiros poderão comprar, vender e guardar criptomoedas no nosso app. Acesso fácil às criptos para milhões de usuários com um clique e a segurança do Mercado Pago", afirmou.Não é a primeira ve que o Mercado Livre anuncia novidades relacionadas com o mercado cripto. A empresa chegou a comprar cerca de 8 milhões em bitcoin no início de 2021 e desenvolver testes com pagamentos em bitcoin para compra de imóveis, entre outras iniciativas. A disponibilização de compra e venda dos ativos digitais, entretanto, é um novidade que pode ter impacto muito maior, já que pode permitir acesso ao setor por milhões de pessoas.Algo parecido aconteceu quando o PayPal, que tem uma carteira digital semelhante ao Mercado Pago, anunciou a disponibilização do mesmo tipo de serviço em 2020, fortalecendo o movimento de alta que levou o preço da bitcoin a diversos recordes de preço consecutivos. O PayPal é a maior plataforma do tipo, e, claro, impacto muito mais abrangente. De qualquer forma, o Mercado Pago também tem uma rede considerável e sua adoção do setor é endosso importante e cujo impacto também poderá ser significativo.(Fonte: Exame) Saiba Mais

Clientes

Contato